Seu Carrinho
Fechar alternativas ícone
Frete Ok

Os sites também podem ser sustentáveis? Entenda como!

Seta Fina Esquerda ícone
Os sites também podem ser sustentáveis? Entenda como!
A Insecta já contou por aqui sobre mais uma iniciativa adotada em busca de diminuir o impacto da existência da marca no meio ambiente - o selo Site Sustentável. Funciona da seguinte maneira: a empresa carioca calcula o impacto gerado pelos servidores onde o site da Insecta está hospedado de acordo com o número de visualizações de página. O impacto medido é a emissão de CO2 e a compensação é feita através do plantio de árvores em uma zona de preservação e reflorestamento em Presidente Prudente, SP. Porém, como já tínhamos lido diversos pontos de vista sobre iniciativas parecidas com essa fora do Brasil, resolvemos sentar via Skype com um dos responsáveis pelo selo Site Sustentável para entender melhor o funcionamento da empresa, do serviço e a visão deles sobre sustentabilidade. Cezar Augusto, CEO e presidente do conselho administrativo, contou que a ideia foi sugerida por Andre Diamand, da VentureOne, para dois sócios que estavam em busca de oferecer serviços para e-commerce no Brasil. “O Site Sustentável é uma solução rápida e acessível para sustentabilidade no e-commerce. Nós não vendemos árvores, nós vendemos a compensação de gás carbônico para o site”, explicou Cezar. Para calcular o impacto da emissão de CO2, a empresa recorreu ao empresário e PHD na USP no setor de sustentabilidade e energia, Arthur Cursino. O cálculo tem como base a demanda por consumo de energia dos servidores de acordo com o número de acessos. De forma prática, segundo Cezar, a cada 10 mil visualizações de página o Site Sustentável planta uma árvore nativa.  “Mas não é de forma progressiva”, ressalta ele. Isso quer dizer que esse cálculo vai variar de acordo com o aumento do número de visualizações de página. Cezar afirmou que o plantio das árvores é terceirizado por um instituto reconhecido do mercado, mas o qual ele preferiu não revelar o nome por questões de concorrência. Entretanto, ele nos confirmou que as empresas recebem o certificado com todos os nomes e dados necessários. Para quem navega em um site que tem o selo Site Sustentável, basta clicar nele para ser redirecionado para uma página que mostra quantas árvores aquela empresa já ‘plantou’, com fotos e imagens do Google Earth. Para encerrar, Cezar fez questão de ressaltar que, além do serviço em si, os clientes da Site Sustentável contam com diversos benefícios como desconto em eventos e em restaurantes famosos como o Apple Bee’s. Informação responsável por, automaticamente, nos lembrar que a pecuária e seus subprodutos são responsáveis por, pelo menos, 32.000 milhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2) por ano, ou 51% de todas as emissões mundiais de gases de efeito estufa. O que fez essa conversa nos deixar com o questionamento: quantas árvores – e onde, considerando que 80% do desmatamento da Amazônia é resultado da pecuária, – deveriam ser plantadas para compensar os steaks, brownies e cheeseburgers consumidos com desconto?  

Deixe um comentário

x