Fechar ícone

Olha tudo que já fizemos em 8 anos de Insecta!

Seta Fina Esquerda ícone Seta Fina Direita ícone
Olha tudo que já fizemos em 8 anos de Insecta!

Dia 25/01 completamos 8 anos de Insecta. Quem aí está com a gente desde o comecinho?


Nascemos em 2014, como muitos já sabem, da união de um brechó e uma marca de sapatos. Já éramos sustentáveis desde o primeiro passo, mas começamos pequeno. Hoje queremos te levar numa viagem no tempo, revisitando nossas principais conquistas no caminho de ser uma marca cada vez mais sustentável. Vamos lá?


Começamos com roupas de brechó, e à medida que crescemos, começamos a transformar garrafas plásticas em tecido, e borracha reciclada em solado. Sempre falamos de sustentabilidade na nossa comunicação. Falávamos de lixo zero lá em 2014, e nosso compromisso de criar posts e conteúdos que conscientizam, falando de veganismo, estilo de vida, feminismo interseccional e abordando até assuntos mais polêmicos, nos acompanha desde sempre. 


Em 2015 ganhamos o Vegan Fashion Awards do PETA. A Insecta levou o prêmio da categoria Most Talented New Designer e foi a primeira de uma lista de premiações. No mesmo ano, recebemos o selo Bronze de Origem Sustentável. Vencemos também a 1ª edição do Prêmio EcoEra, idealizado pela consultora Chiara Gadaleta em parceria com o Sistema B. A primeira edição teve mais de 70 empresas inscritas e apresentou indicadores inéditos para a indústria dentro da temática socioambiental. 


No ano seguinte, 2016, recebemos nossa certificação B e nos tornamos a 1ª empresa de calçados a conseguir a certificação no Brasil, e a 2ª de moda. Passamos por um rigoroso processo que examina vários aspectos, além de termos assumido o compromisso com a transparência ao relatar publicamente nosso impacto socioambiental. Em 2018, conquistamos um lugar na lista B Corp Best for the World (Melhor Empresa B para o Mundo) na categoria Meio Ambiente pelas nossas práticas no ano de 2017.  


Essa chuva de premiação não é do nada, não. É reflexo do nosso trabalho para uma melhoria contínua em termos de sustentabilidade e cuidado com as pessoas, o planeta e todos que nos cercam. 


Por exemplo, em 2015, falamos pela primeira vez na Green Friday. Resolvemos romper com a Black Friday e propor, ao invés de descontos que podem gerar compras impulsivas, um dia para reflexão sobre os problemas do consumismo.  


Em 2017, colocamos em prática a transparência radical e abrimos os custos de um sapato da Insecta para explicar porque não fazíamos promoções arrasadoras durante a Black Friday. Começamos, também neste ano, a fazer a compensação ambiental de 100% das nossas embalagens junto com a EuReciclo.


Em 2019 lançamos nosso primeiro relatório de impacto socioambiental completão. Até então, a gente fazia nosso cálculo de impacto pensando nos materiais que aproveitamos e no impacto positivo das nossas escolhas. A partir deste ano, mergulhamos em dados e informações muito mais completas, sempre tornando tudo público. 


Em 2020, vencemos a edição 2020 do Prêmio Muda na categoria Empresa B de Médio Porte, ao lado de outras empresas que buscam mudar o mundo, como a Natura e o Projeto Fio. Também neste ano, atendendo aos constantes pedidos dos nossos clientes, também decidimos ter uma semana com descontos especiais para garantir que mais pessoas pudessem ter acesso aos nossos produtos.


No meio disso tudo, com direito a pandemia, lançamos nosso brechó. Agora, Insectas que voltam para o fechamento de ciclo, mas estão em boas condições, podem ser comprados por precinhos mais em conta. 


Nossa política de logística reversa já existia desde 2016, quando passamos a receber de volta os sapatos usados para reinserir no ciclo produtivo. Com o lançamento do nosso tênis, fomos além e começamos a fechar o ciclo de tênis de outras marcas.


O ano de 2021 foi marcado pelo lançamento da linha Linna, quando assumimos que não somos 100% sustentáveis, mas sabemos que estamos nessa jornada e nem por isso vamos parar. Lançamos a nova linha e contamos em detalhes as coisas boas (e as não tão boas) de cada material usado.


Também neste ano colocamos mais um material ecológico em nosso portfólio: a fibra de bananeira. Nossa parceria com a AnnaBanana deu vida a sapatos com um tecido ecológico, biodegradável, resistente e muito alinhado com os valores da economia circular. 


E por falar em materiais, ainda em 2021 desenvolvemos nossa própria pontuação de impacto para os nossos materiais. Criamos uma metodologia para saber quão sustentável cada calçado da Insecta é, de acordo com os materiais usados. Esse score leva em conta pontos como remover o desperdício e a poluição nas etapas de design, produção e descarte; manter produtos e materiais em uso e regenerar ciclos naturais. 


Ufa! E pra nós isso é só o começo. Sabemos que a sustentabilidade é uma jornada e não nos cansamos de buscar novas alternativas e novas maneiras de escrever nossa história com mais e mais conquistas e inovações. 


Que bom que você esteve com a gente durante esse tempo. Nosso oitavo ano recém começou e vem muita coisa boa por aí!

Deixe um comentário