Seu Carrinho
Fechar alternativas ícone
Frete Ok

Mulheres que Inspiram: Jéssica Behrens

Seta Fina Esquerda ícone
Mulheres que Inspiram: Jéssica Behrens
A primeira startup a ser incubada em Harvard é comandada por uma mulher. Conheça a história de Jessica Behrens na série especial em colaboração com o Mulheres que Inspiram. Se você tá a fim de vender ou trocar aquela roupa esquecida no armário, vai curtir demais a entrevista de hoje. O Tradr é um aplicativo baseado em economia colaborativa onde você cria a sua própria loja, cadastra seu produto e pode vender ou TROCAR à vontade. Os objetos aparecem como perfis no Tinder e você pode indicar seu interesse ou simplesmente deslizar a tela para o lado e visualizar um novo produto. A ideia começou como um desafio do desapego. A brasiliense Jéssica Behrens estava no final do curso de Comunicação, sem saber ao certo que carreira gostaria de seguir e numa daquelas crises existenciais de quem está prestes a cair no mercado de trabalho, quando se propôs o desafio de se desapegar de uma coisa por dia durante 1 ano. Nesse exercício de desapego, ela percebeu que não existia uma forma fácil de conectar seus desapegos à sua rede de contato. Até criou um grupo no Facebook com essa finalidade, mas não deu muito certo. Comprometida com o desafio, persistiu na sua missão: resolveu colocar os objetos nos pontos de ônibus. “Eram coisas legais, não podiam ir pro lixo. Então todo dia eu deixava algum objeto com um bilhetinho no mesmo ponto. No dia seguinte, o objeto já não estava mais lá, alguém sempre pegava. Nesse tempo, continuei pensando se não existiria uma forma de conectar pessoas a objetos e, meses depois, surgiu a ideia de desenvolver uma espécie de Tinder que fizesse essa conexão de forma divertida, inteligente e personalizada. Comecei a contar a ideia pros meus amigos e um deles sugeriu que eu aplicasse pra Harvard. E foi assim que a TRADR foi a primeira startup do Brasil a ser incubada por lá". jessicaegabrielle (1) Em 6 meses, Jéssica recebeu todo suporte de mentores, estudou muito sobre Empreendedorismo e Tecnologia, e começou a encarar sua ideia como um business. De volta ao Brasil, convidou a Gabrielle Lobo, que já cultivava um enorme interesse por Slow Fashion e Consumo Consciente, pra tocar o projeto com ela. Em dezembro do ano passado, o app foi lançado oficialmente e selecionado pra startup Farm, que é a maior aceleradora de startups da América Latina. Uma característica importante do app é o seu algoritimo capaz de mapear os seus gostos. Quanto mais você demonstra interesse por determinadas peças, mais o  TRADR passa a oferecer outros produtos que podem chamar sua atenção. Ou seja, quanto mais usa, mais chances de ser apresentada a roupas e objetos que são a sua cara! E ainda tem mais uma vantagem: se você confecciona algum produto e ainda não tem loja física ou virtual, pode usar o TRADR como uma plataforma de venda, uma ótima solução pra facilitar a vida dos pequenos produtores e de quem trabalha com artesanato, por exemplo. O "Tinder do Desapego" é mais um case super inspirador de empreendedorismo feminino e inovação social pra te ajudar a dar um pontapé nas suas ideias e colocar em prática os seus sonhos e desejos mais profundos.

Deixe um comentário

x