Fechar ícone

Moda sustentável: saiba mais sobre o movimento

Seta Fina Esquerda ícone Seta Fina Direita ícone
Moda sustentável: saiba mais sobre o movimento

Você já ouviu falar em moda sustentável? Cada vez mais, esse conceito tem ganhado espaço, pois busca questionar o processo de produção que gera impactos ambientais nocivos, repensando as formas tradicionais de desenvolvimento e trazendo um ponto de vista ecológico.


E foi exatamente dessa premissa que surgiu a Insecta. Por isso, hoje, vamos te ajudar a entender um pouco mais sobre o que é sustentabilidade na moda e qual é a importância disso nos dias atuais. Confira!

A indústria da moda e o impacto do meio ambiente

A indústria da moda e sustentabilidade nem sempre andaram juntas. Com a popularização das fast fashion a partir da década de 1990, a produção de roupas passou a ser feita de forma cada vez mais rápida e a preços baixos.  

Com isso, as coleções chegam às lojas a cada semana, levando a um consumo desenfreado às custas do meio ambiente e à desvalorização de trabalhadores da indústria têxtil, que são explorados e recebem, em média, de US$ 2 a US$ 3 por dia. 

As pegadas ambientais da indústria têxtil vão desde os agrotóxicos usados no plantio do algodão até o descarte da roupa em aterros sanitários. Para se ter uma ideia, a moda é responsável por 8% das emissões de carbono na atmosfera, ficando atrás apenas da indústria petrolífera. 

Segundo um relatório da Ellen MacArthur Foundation, devido ao alto descarte da indústria, cerca de R$ 500 bilhões são perdidos anualmente, e 25% de tudo o que é produzido vira lixo, poluindo e levando a uma rápida degradação da natureza. 

O que é moda sustentável?

Na contramão das fast fashion e do consumismo, a moda sustentável tem como premissa utilizar métodos de produção que não geram impactos ambientais. Aqui, o objetivo é que todas as etapas de produção, desde utilização das matérias-primas até a venda, sejam feitas de forma sustentável.

A sustentabilidade na moda prevê a utilização de recursos menos nocivos ao meio ambiente, como tecidos orgânicos e certificados, e a reutilização de materiais descartados, como roupas usadas, borracha e garrafas, assim como fazemos na Insecta.

Produzir peças duráveis é outro ponto-chave para a moda sustentável. Afinal, de nada adianta utilizar materiais ecologicamente corretos e não pensar na vida útil do produto. Por isso, é importante se preocupar com a fabricação de itens que possam ser utilizados por muito tempo, em contrapartida às peças de fast fashion, que são utilizadas, em média, apenas cinco vezes.

Conheça algumas formas de moda sustentável

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre a complexa relação entre moda e sustentabilidade, é hora de conhecer os diversos tipos de moda sustentável que existem por aí. Dá só uma olhada:

Zero-waste fashion

O zero-waste fashion, que significa “moda lixo zero”, é uma filosofia que tem como objetivo levar a zero a produção de lixo durante a indústria têxtil. Aqui, os designers pensam em como utilizar os materiais em toda a sua capacidade sem gerar desperdício de recursos.

Upcycling

Dentro da moda sustentável, o Upcycling é um dos movimentos que tem ganhado bastante popularidade nos últimos anos. Ele tem como objetivo dar um novo rumo a materiais que seriam descartados, como resíduos, plástico e roupas antigas, que são utilizadas para fazer novas peças de forma criativa.

Slow fashion

O slow fashion, que significa “moda devagar”, faz oposição direta ao fast fashion e defende uma produção têxtil lenta, com valorização de quem fez e dos processos e condições de trabalho de quem fabrica as peças.

Insecta: onde o eco e o sexy caminham juntos

Aqui, na Insecta, fazemos uma moda sustentável que vai desde a utilização de materiais ecologicamente corretos até o fechamento de ciclo, onde você pode devolver um Besouro usado e ajudar a transformá-lo em um novo calçado, contribuindo para a economia circular.

Por isso, estamos sempre falando sobre a importância da moda sustentável e o consumo consciente por aqui. Então, que tal ficar por dentro do assunto e saber mais sobre como você pode ajudar o meio-ambiente com passos simples?

Deixe um comentário