Seu Carrinho
Fechar alternativas ícone

Lowsumerism: A Alternativa Consciente Da Economia Capitalista

Seta Fina Esquerda ícone
Lowsumerism: A Alternativa Consciente Da Economia Capitalista

No começo de agosto, a BOX 1284, empresa focada em pesquisa de tendências de comportamento e consumo, lançou um dos seus mais recentes estudos: ‪The Rise of Lowsumerism. Em forma de vídeo, a empresa aponta uma forte tendência de comportamento para os próximos anos, o lowsumerism. Oposto do consumerism, o lowsumerism é baseado em três pilares: menos consumismo, busca por alternativas e viver apenas com o necessário.

Desse video, surgiram vários textos ponderando as possibilidades de reverter os impactos negativos da revolução industrial e do consumo exagerado, levando em consideração que vivemos em uma sociedade cuja economia é baseada no capitalismo e acumulo de bens.

Um texto em especifico do Ponto Eletrônico, blog mantido pela própria BOX 1284 com a colaboração de vários influenciadores e jovens, “Economia Sustentável E A Ressignificação Do Sucesso”, exemplifica algumas saídas de como praticar o lowsumerism no modelo econômico no qual vivemos. Entre elas, o fazer você mesmo (tipo quando falamos que você pode fazer seu desodorante em casa), construção de marcas que prezam o bem estar socioambiental, e iniciativas de compartilhamento como as bibliotecas de roupas Lena e Klenderei, para citar apenas algumas das diversas alternativas.

Lowsumerism

Como o autor destaca, “todo mundo precisa de dinheiro, essa é a moeda de sobrevivência no nosso modelo econômico, mas o que essas alternativas sugerem é que podemos evoluir a nossa maneira de ganhar e até aprender a gastar com mais inteligência e elegância. De um jeito sutil, mas poderoso, ao apoiar essas iniciativas, os lowsumers estão transgredindo a lógica de um sistema que não vem sendo muito gentil nem com as pessoas, nem com o planeta.”

Essa ideia de ir contra o comportamento de consumo imposto pela revolução industrial e buscar alternativas que geram bem estar social não é nova. Desde 2013, duas das mais importantes pesquisadoras de tendências do mundo TrendWatching e WGSN, vêm destacando pessoas, iniciativas, marcas e comunidades que vão na contramão do conceito baseado apenas no lucro. Temas como “Lojas Sociais”, “Mais Alma E Transparência, Menos Ganância”, “Novos Heróis Sociais” já foram dignos de análise desde o começo da década e fazem parte da construção do lowsumerism.

Entretanto, para muitos, pode parecer contraditório pensar que empresas que focam em consumo exagerado, ou melhor dizendo, no consumismo, como marcas de fast-fashion e hipermercados gigantescos tipo Wall-Mart (afinal, consumo envolve muito mais que moda, não podemos esquecer que 1.3 bilhões de toneladas de comida são jogadas fora anualmente), continuam crescendo e apresentando lucros cada vez maiores.

low1

Por isso é importante entender que análises de tendências buscam prever o futuro. A partir do ato de observar o comportamento de um determinado público, os coolhunters (pesquisadores de tendências) analisam as ações que têm grandes chances de atingirem a massa. Esse determinado público são os chamados early adopters ou trendsetters, popularmente conhecidos como lançadores de tendências ou influenciadores. O estudo da BOX 1284 é focado nos lowsumers espalhados pelo mundo que já representam uma importante parcela da população mundial e cuja as ações devem impactar mais e mais pessoas (e empresas) em um futuro a médio prazo.

low2low3

Se você está lendo isso, provavelmente você está interessado em novos jeitos de consumir, em uma sociedade mais justa e equilibrada e faz parte dos lowsumers espalhados por ai. Agora você já pode ter certeza que não está sozinho!

 

Deixe um comentário

x