Seu Carrinho
Fechar alternativas ícone
Frete Ok

Insecta + #feitonoBrasil

Seta Fina Esquerda ícone
Insecta + #feitonoBrasil
Aqui na Insecta estamos sempre em busca de parcerias que conversem com nossos valores e, se possível, incentivem a moda brasileira, ainda melhor. Foi exatamente o que rolou quando trocamos uma ideia com as lindas do Bureau de estilo Renata Abranchs, nomes por trás do selo #feitonoBrasil. Do lado de lá, elas mapeiam marcas de moda brasileiras que produzam 100% no Brasil. Daqui, nós conversamos com esse pessoal todo e criamos uma série de posts contando um pouquinho mais dessas iniciativas. A ideia é inspirar e educar outras marcas e novos empreendedores a investirem no #feitonoBrasil, na sustentabilidade e no fair trade. Pra dar início a essa nova empreitada, hoje apresentamos a marca Gioconda, olha só: “Gioconda é a mulher de espírito livre e alma antiga. Sua indumentária folgada e versátil foge ao frio mercado da moda. Sua produção escapa à urgência da cidade para conectar com o tempo analógico, através das relações mais pessoais e orgânicas, unindo o trabalho com a preguiça em uma velocidade biológica. Gioconda faz roupas com o conceito do conforto, com tecidos e acabamentos naturais, preocupando-se com a leveza e o bem-estar.” Roupas confortáveis, feitas no Brasil, e de um jeito que você não vê nas lojas de shopping centers. Essa é a proposta da marca paulistana Gioconda Clothing, da bacherel em artes plásticas Cinthia Santana. A marca nasceu em 2014 de uma necessidade pessoal da própria Cinthia: “De tanto procurar calcinhas de algodão e que fossem confortáveis, decidi confeccionar as minhas próprias, inspiradas naquelas calcinhas que muitas mães e avós faziam com o resto de tecido dos vestidinhos, pijamas e lençóis”, afirma ela. Nesse processo, surgiu a ideia de criar uma marca e comercializar essas peças únicas. Cinthia tinha na mão um produto que todo o mercado de lingerie não tinha mais: a lingerie de algodão, muito procurada por mulheres que buscam peças confortáveis e saudáveis, já que a calcinha de algodão é indicação de qualquer ginecologista do mundo. “É um produto raro, bom, e prático para produzir, além de ser um produto saudável. Embora muitas pessoas não saibam, a fibra natural permite a pele respirar e nos previne de doenças como micoses e fungos, muitas vezes causadas pelo uso de tecidos sintéticos”, explica Cínthia.     giocondaeditorial1   Mas com visão e mente de artista, as peças da Gioconda não são produzidas com qualquer tecido de algodão, elas são todos estampadas e transmitem a essência do público alvo da marca: uma mulher de espírito livre e alma antiga. As calcinhas foram super bem recebidas pelo público e logo veio a necessidade de acrescentar outras opções no leque, como os sutiãs, os shortinhos, os kimonos e as calças. Toda a produção das peças é feita no bairro da Pompéia, em São Paulo, em quatro passos: criação, modelagem, corte e costura. Cinthia faz todo o trâmite entre a modelista, o cortador, e a costureira de bicicleta. No começo, Cinthia tinha ajuda de uma amiga que criava as modelagens, agora ela toca a Gioconda sozinha. giocondaeditorialnovo1giocondaeditorialnovo2 “A intenção é cada vez mais ir à fundo no que corresponde à palavra conforto. Pretendo fazer peças com tecidos orgânicos e mais sustentáveis também, sempre mantendo e dissipando consciência sobre aquilo que usamos, a procedência e o método de produção”, finaliza. giocondaeditorialnovo3 Você encontra as peças da Gioconda no site oficial da marca e em eventos de pequenos produtores espalhados pelo país. Texto por: Marina Colerato  

Deixe um comentário

x