#FeitoNoBrasil: Tricoma

Seta Fina Esquerda ícone
#FeitoNoBrasil: Tricoma
A Tricoma é uma marca brasileira cheia de cor e atitude que tá aí para questionar e propor soluções para problemas atuais da moda: consumo desenfreado, fast fashion, cadeia produtiva injusta e produção em massa. A Tricoma se define como uma marca política.   Idealizada pela artista plástica Aline Arcuri em 2015, a Tricoma tem três pilares principais: exclusividade, qualidade e originalidade. Os suéters e cardigans da marca são todos sem gênero e vestem quem quiser e gostar, além de serem feitos pra durar, de verdade. As peças feitas em lã acrílica nacional são dupla face, em produções limitadas, sem estoque. Os tricôs são numerados e feitas sob encomenda, pensados um por um.   15727125_643677395811502_2050919904904979079_n 14993311_617274948451747_9221316521913510409_n Todo esse cuidado já vem do DNA da Tricoma. Na motivação do seu surgimento entram questões de gênero e identidade, modelos de produção e hábitos de consumo de moda. Além do slow fashion, uma das propostas da marca é uma economia descentralizada, mais colaborativa e com uma moda mais humana e sustentável. Como a Aline gosta de contar, uma das influências da Tricoma são os tricôs vintage comprados em brechós e feiras beneficentes. Ela, que sempre foi frequentadora e garimpeira de peças de segunda mão, não encontrava roupas novas que fossem diferentes e feitas de forma responsável e sustentável. Aí de algumas experiências que deram certo surgiu a Tricoma. Ela prefere despertar o desejo dos consumidores com roupas coloridas, exclusivas e feitas de forma slow, e não com aquele apelo de compre-compre-compre-antes-que-acabe.   Os tricôs da Tricoma são feitos por pequenos produtores em Jacutinga, no sul de Minas Gerais. É com muito orgulho que a Aline conta que passou pelo perrengue de escolher a dedo as malharias, que precisam estar abertas a uma produção menor e mais lenta, ao contrário do esquema da maioria das marcas. Além da qualidade e do cuidado que uma produção menor tem, ela também aquece o mercado dos pequenos produtores.   Um detalhe bacana sobre a marca que acaba influenciando em toda a energia envolvida na criação e na produção das peças é que toda a equipe é budista. Além da Aline, estão por trás da Tricoma alguns dos seus melhores amigos: Gabriela Leme, Uala Vandeik e Rosa Laura. Com essa atmosfera de good vibes e foco em uma moda mais justa para todos, a Tricoma já ganhou espaço não só aqui no Brasil, mas lá fora também. Voa!   14522924_598255737020335_5673762366887667120_n   Fique por dentro e conheça melhor a Tricoma aqui, ó: http://sptricoma.com/ https://www.instagram.com/sptricoma/ https://www.facebook.com/sptricoma/

Deixe um comentário

x