Seu Carrinho
Fechar alternativas ícone
Frete Ok

#FeitoNoBrasil: Ada

Seta Fina Esquerda ícone
#FeitoNoBrasil: Ada
De Porto Alegre, a Ada se resume em três conceitos: slow fashion, minimalismo e veganismo. Com nove meses na ativa, a marca surgiu da vontade das sócias Camila Puccini e Melina Knolow por uma moda atemporal, criada e produzida de maneira responsável e com valor um pouco mais acessível quando comparado às marcas que elas conheciam nesse mercado. O nome não só da marca, como também dos modelos das peças, são inspirados em mulheres que marcaram a história, como Ada Augusta Byron King, conhecida por criar o primeiro algoritmo processado por uma máquina; Audre Lorde, feminista e ativista negra; e Almerinda Gama, feminista e militante brasileira. As peças são minimalistas porque um dos objetivos da Ada é libertar das tendências quem não se identifica com elas, ajudando a compor um look que esteja alinhado com a personalidade e estilo de cada pessoa. Por isso, não existem coleções, os novos modelos são lançados periodicamente e cada um tem uma tiragem entre 5 e 50 unidades para oferecer não só exclusividade, mas também respeitar limites produtivos. 15129581_1419350454749676_7621765334766937937_o 14445152_1357630454255010_3474463222688573298_o Os modelos também são ofertados por altura, atualmente do 1,60m ao 1,80m, e para vestir do Petit ao GG. Inclusive, uma das poucas marcas com conceitos de sustentabilidade que percebemos estar mais disposta a olhar para o público que veste além do G. Como prioridade da Ada estão as matérias-primas de fibras naturais em tecidos 100% brasileiros e livres de crueldade, respeitando os direitos dos animais não-humanos, como o algodão e o linho, e incentivando a indústria têxtil nacional. Além disso, todo o resíduo gerado na produção das peças é destinado à ONG Patas Dadas, que os transforma em capas e camas para cachorros e gatos, dando um novo significado para o que seria considero lixo na indústria. 14115490_1308390505845672_442010415366292306_o Toda a produção da Ada é in house, isso significa que elas não terceirizam nenhuma parte do processo – modelagem, corte, costura e acabamento, tudo feito dentro no mesmo lugar onde acontece o processo de criação. “Somos muito exigentes no controle de qualidade de cada uma das peças, tudo é produzido em nosso ateliê com todo carinho e atenção para alcançar o resultado que pretendemos, por esse motivo optamos por não terceirizar nada”, explica Camila. A Ada também colabora com outras marcas e artistas, como a collab de bordados com a artista Cami Belô e os quadros do designer Marcos Coelho. Para conhecer mais sobre a Ada, acesse o site e acompanhe pelo Facebook e Instagram.

Deixe um comentário

x