Seu Carrinho
Fechar alternativas ícone

Beabá dos termos: o que é machismo, sexismo, misoginia e feminismo?

Seta Fina Esquerda ícone
Beabá dos termos: o que é machismo, sexismo, misoginia e feminismo?
Você já sentiu confusão ao ler ou até mesmo empregar os termos machismo, sexismo, misoginia e feminismo? Realmente eles podem ser confusos mesmo e é por isso que nós tiramos um tempinho para pesquisar sobre os conceitos por trás de cada um deles e trazer aqui para você. Quando falamos de conceitos, não estamos falando de definição do dicionário necessariamente, mas sim de uma definição das palavras e como, porquê e em quais situações essas palavras são empregadas. Da próxima vez que ficar com dúvidas, é só salvar o link para consultar sempre.   Machismo O termo, que deriva de macho, “é o conceito que baseia-se na supervalorização das características físicas e culturais masculinas associadas com o sexo masculino, em detrimento daquelas associadas ao sexo feminino, pela crença de que homens são superiores às mulheres”. <1>  Como o machismo é um tipo de violência que descrimina não só as mulheres, mas características consideradas femininas como um todo, os homens homossexuais, metrossexuais ou todo homem que tenha comportamentos ou se comporte de formas consideradas femininas, podem também serem vítimas do machismo. Para ilustrar: você já deve ter ouvido ou até mesmo falado “isso é coisa de mulher” em tom pejorativo e menosprezando alguma característica normalmente considerada feminina. Então. Mas as expressões de machismo vão muito além e ganham formas muito violentas como o femicídio. O machismo pode ser entendido também como a soma do sexismo e da misoginia.  No blog Escreva Lola Escreva tem uma discussão bastante interessante sobre as diferenças de machismo e sexismo para quem quiser se aprofundar mais. E se você já ouviu que mulher não pode ser machista, mas sim reproduzir machismo e não entendeu direito, esse ponto é levantado lá também.   Sexismo Diferente do machismo, que tem como raiz uma palavra latina, sexismo está ligado ao preconceito de sexo/gênero e deriva da palavra sex. “Sexismo  é o preconceito ou discriminação baseada no sexo ou gênero de uma pessoa. O sexismo pode afetar qualquer gênero, mas é particularmente documentado como afetando mulheres e meninas. Tem sido ligado a estereótipos e papéis de gênero e pode incluir a crença de que um sexo ou gênero é intrinsecamente superior a outro”. <3> Por exemplo, dizer que mulheres não são boas em matemática ou são péssimas no volante ou que não há mulheres na liderança de empresas porque elas não são boas nisso, pelo simples fato de serem mulheres, é sexista. No debate no Escreva Lola Escreva, uma pessoa atentamente ressaltou que “sexismo é diferenciar por gênero, colocar as pessoas em caixinhas e querer moldá-las de acordo com o gênero.”   Misoginia Misoginia (do grego μισέω, transl. miseó, "ódio"; e γυνὴ, gyné, "mulher") é ódio, desprezo e preconceito contra mulheres e meninas e se manifesta nas sociedades patriarcais por meio diferentes formas de violência contra as mulheres. "A é um aspecto central do preconceito sexista e ideológico, e, como tal, é uma base importante para a opressão de mulheres em sociedades dominadas pelo homem. A misoginia é manifestada em várias formas diferentes, de piadas, pornografia e violência ao autodesprezo que as mulheres são ensinadas a sentir pelos seus corpos." <4> Mas como explica a neurocientista e filósofa Berit Brogaard, é preciso enxergar para além da etimologia. Misoginia não é simplesmente odiar mulheres, mas sim odiar mulheres que não se comportam da maneira esperada pelo misógino. “Misoginia envolve o ódio em relação às mulheres ou um tipo de mulher por uma razão específica. A razão é que as mulheres para as quais o ódio é dirigido não agem de acordo com as crenças que o misógino tem sobre como as mulheres devem pensar e se comportar. Quais são essas crenças? São crenças relacionadas com a suposta inferioridade das mulheres em relação aos homens, por exemplo crenças de que as mulheres devem estar sexualmente disponíveis e que elas devem ser mães e esposas amorosas”.   Feminismo Feminismo é um movimento social, filosófico e político que tem como objetivo direitos iguais entre os sexos. O feminismo visa combater o machismo, o sexismo e a misoginia. É por isso que feminismo não é o oposto de machismo. Na verdade, feminismo não tem oposto.  Você pode ler mais sobre feminismo e por que precisamos dele por aqui.

Deixe um comentário