Seu Carrinho
Fechar alternativas ícone
Frete Ok

A rotina tem seu encanto, por Carine Wallauer

Seta Fina Esquerda ícone
A rotina tem seu encanto, por Carine Wallauer
Em 1962 o cineasta japonês Yasujiro Ozu lançava seu último longa-metragem, A rotina tem seu encanto. Essa é a cena final de uma filmografia que por quase 40 anos retratou o cotidiano de um Japão em transformação. Em seus filmes somos convidados a participar do dia a dia das famílias, observar os conflitos entre gerações, sentir o impacto das novas tecnologias em uma sociedade de tradições herméticas que lentamente foi incorporando conceitos modernos e características da cultura ocidental. A condição humana é protagonista de uma obra clássica que discute temas atemporais.
 
carinewallauer_1
carinewallauer_2
 
No projeto A rotina tem seu encanto, Carine Wallauer se apropria do título da obra de Ozu para retratar seu próprio cotidiano. Diferente do período de criação do cineasta, em que as mudanças podiam ser acompanhadas no ritmo da contemplação, hoje as transformações acontecem de forma globalizada e ligeira. O avanço tecnológico exerceu grande impacto no modo como nos relacionamos como indivíduos. Da aquisição de dispositivos móveis com acesso online e da participação em redes sociais virtuais, novas narrativas pessoais foram sendo construídas. Nossas rotinas são diários abertos escritos em vocabulário próprio: compartilhamento, cliques, seguidores, likes. Todos dividimos um dia a dia que se passa em uma esfera paralela, contaminada por nossa imaginação e acima das nossas vulnerabilidades.
Para a exposição, que inagura no dia 15 de julho, a artista apresenta um recorte do projeto que incorpora 12 anos de registros em imagens feitos a partir de aparelhos celular e tratadas unicamente em aplicativos instalados neles. É um projeto autobiográfico que busca a reflexão sobre a vida cotidiana como a vivemos hoje.
Local: Cubo Gallery // Cristóvão Colombo 3000. 9º andar - Porto Alegre
Abertura: 14 de julho - 19h30 // Visitação até 14 de agosto
 
carinewallauer_4carinewallauer_7

Sobre
CARINE WALLAUER
Carine Wallauer (Novo Hamburgo – RS, 1988) é graduada em Comunicação Social pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos. Dedica-se à fotografia e experimentação analógica, conjugando diferentes formatos, técnicas e materiais. Tem seu trabalho publicado em diferentes sites, zines e revistas ao redor do mundo. Participou de exposições coletivas no Brasil, Canadá e Estados Unidos. Realizou duas exposições individuais em Porto Alegre: Visões Elevadas de Eros, na Galeria Mascate, 2013; e Borrifos Prismáticos, na Galeria da Duque, 2013. Publicou em 2013 seu primeiro fotolivro, chamado Visões Elevadas de Eros. Foi indicada como artista revelação na edição de 2014 do Prêmio Açorianos de Artes Plásticas. Em 2014 fez direção de fotografia para dois curtas-metragens, O último dia antes de Zanzibar, pela Avante Filmes e Temporal, pela Asamayama Filmes, ambos em fase de finalização. Em 2015 lançou seu segundo fotolivro, O vazio é um espelho. Possui fotografias na coleção particular de Joaquim Paiva.
Curtiu o trabalho da fotógrafa? Clica aqui e acesse o portfólio lindão.

Deixe um comentário

x