A arte do REGROW e dos alimentos eternos

Seta Fina Esquerda ícone
A arte do REGROW e dos alimentos eternos
E se aquelas cenouras roxas lindas que você comprou na feira durassem pra sempre? Sabia que pode? gif1 É através de uma técnica chamada REGROW. Ela promete continuar o crescimento dos alimentos a partir de restos e brotamentos. Ou seja, você come e eles voltam a vida. A verdade é que basicamente todos os alimentos quando colhidos e germinados da forma correta podem ter vida eterna e originar novas mudas e brotos (orgânicos)! O importante é pesquisar a forma de germinação de cada alimento e se divertir. Sim! Acompanhar os processos de regrow é divertidíssimo e a gente se sente na escolinha fazendo brotar o feijão no algodão. Então se você abriu a gaveta dos vegetais e seu alho ou gengibre começaram a brotar, não se desespere e aprenda aqui o que fazer. Vamos começar pelos processos mais simples e quase instantâneos: ALFACE, SALSÃO, ALHO PORÓ E CEBOLINHA. Para que o processo dê certo, é necessário consumir estes vegetais e deixar as bases intactas. Mergulhá-las na água, trocando por água fresca a cada dois dias e pronto. Só cuide para não podar muito perto dos brotos. Quando as plantinhas estiverem com raízes maiores de 2cm, pode plantar em um vaso bem drenado e com terra bem fofa.   - CENOURA E CEBOLA A germinação destes é praticamente espontânea dentro da geladeira. Um dia você nota que folhinhas e bulbos começaram a brotar. Já o período de colheita pode demorar até 3 meses em condições ideais. No caso da cenoura, o negócio é deixar somente a base e (como na foto) manter com água até a metade. Trocar a água a cada dois dia e quando os brotos estiverem com 3cm ou 4cm plantar em um vaso fundo, bem drenado e com terra fofa. Para que as bonitinhas tenham espaço para crescer. Vale até plantar em uma lata profunda. Carrot Já a cebola, é deixar crescer os bulbos, também em água. Fincando palitos no corpo do vegetal, para que somente a base fique submersa na água. Quando os bulbos já estiverem rachando a cebola, retirá-los com muito carinho e também plantar na terra fofa e em local que permita o crescimento de novas cebolas. Vasos grandes e profundos são aconselhados. Onion   - GENGIBRE O gengibre segue os mesmos procedimentos acima. Deixar brotar e plantar, com pouca terra por cima. Ginger   - ALHO No caso desses caras, a experiência vai ser um pouco diferente. Com um procedimento simples, não vamos conseguir criar novas cabeças de alho, mas poderemos consumir seus brotos para reinventar nossos pratos. Estes não precisam ser transplantados para a terra. Basta deixar em uma vasilha com água (sempre limpa) que o resultado é igualmente bom. Cortar os brotos mais crescidos que aparecem na foto abaixo e misturar com batatas, húmus, temperos orientais vai dar resultados surpreendentes. Pra quem quiser plantar na terra e gerar novos alhos, aqui está o procedimento completo. Garlic   - MANJERICÃO, HORTELÃ E OUTROS TEMPEROS COM HASTES Já com temperos com folhas, o procedimento é um pouquinho mais delicado, mas muito fácil. Você vai limpar a parte de baixo das hastes (que devem ter em 10cm e 15cm) e manter as folhas na parte superior. Manter estas hastes em um copo com água até a metade em local ensolarado e trocar a água a cada dois dias. Quando estas hastes apresentarem raízes, basta transplantar as mudinhas para vasos médios. Hortelã Agora é só testar e dar uma vida longa para os alimentos incríveis que você comprou na feirinha. Plant Muito amor, Gringa.  

Deixe um comentário

x