10 trocas simples rumo a uma vida lixo zero!

Seta Fina Esquerda ícone Seta Fina Direita ícone
10 trocas simples rumo a uma vida lixo zero!

A mudança do mundo passa por todos, e algumas trocas simples podem representar um ganho significativo nesse contexto.  Da separação do lixo à prioridade para itens fabricados com responsabilidade socioambiental, transformar o mindset pode te surpreender com ainda mais conforto, saúde e qualidade de vida. Quer ver algumas ideias?

  1. É mole? Não, é shampoo sólido

Além de não usar plástico nas embalagens, shampoos e condicionadores sólidos consomem quase 80% menos de água que os mesmos cosméticos em líquido ou gel. Além disso, são feitos com ingredientes 100% vegetais, totalmente biodegradáveis e sem derivados químicos, fazendo um bem absurdo pra saúde dos cabelos e da pele.

  1. Sempre ela: a Ecobag

Segundo a Agência de Proteção Ambiental (EPA), mais de 3 trilhões de sacolas plásticas são consumidas a cada ano em todo o mundo. Ter sua própria embalagem para compras ou transporte de utensílios, portanto, te afasta dessa cadeia tenebrosa, que atola a natureza de lixo e ameaça espécies em terra e na água. Vale lembrar que todos os pacotes usados pelo comércio têm seu custo embutido nas vendas, então usar ecobags também impacta positivamente no bolso.

  1. Alô, mamães: fraldas de pano

A Agência Nacional de Segurança Sanitária da Alimentação, do Meio Ambiente e do Trabalho (Anses) da França encontrou 60 substâncias tóxicas – incluindo glifosato, o agrotóxico mais usado no mundo – em fraldas descartáveis infantis. Também foram identificados disruptores endócrinos e substâncias cancerígenas derivadas do cloro. Se cada criança usa pelo menos 4 mil unidades até os 3 anos, imaginem tudo que ela está absorvendo em contato direto com elementos tóxicos que ainda contribuem para que cada fralda leve, em média, 450 anos para se decompor! Precisa mais argumento para testar os modelos de pano?

  1. Deixa a moça respirar!

Ainda falando de descartáveis, os absorventes menstruais não são muito diferentes das fraldas não. Além de levar aproximadamente 100 anos pra sumir na natureza, eles podem causar assaduras, alergias e infecções pela presença de fragrâncias, corantes e materiais sintéticos, sem falar que prejudicam a ventilação e favorecem a proliferação de bactérias. Alternativas como coletores, calcinhas absorventes e modelos de pano têm conquistado muitas mulheres, inclusive da nossa equipe. E a gente garante: escolhendo o modelo adequado pra cada fluxo, não vaza e fica beeem mais confortável que os sintéticos!

  1. Copo Menos 1 lixo

 

Assim como os canudos já foram banidos, os copos descartáveis deveriam estar com dias contados no planeta: segundo a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos (ABRELPE), só no Brasil, quase 1500 toneladas de resíduos diários têm origem neste produto, rodando por aí por pelo menos 400 anos. Mas a gente pode adotar um copo reutilizável e levá-lo do trabalho à festa (sim, é super cool essa tendência ecofriendly). O modelo Insecta é retrátil, 100% feito no Brasil e livre de BPA, ftalatos e metais pesados, além de lindão e com alça na tampa pra você pendurar onde quiser.

       6. Desinfetado por natureza

Os detergentes industrializados seriam chamados de veneno se não rendessem tanto dinheiro aos fabricantes e comerciantes, mas a boa notícia é que com insumos naturais e biodegradáveis a gente pode manter a casa limpinha sem prejudicar a saúde e a natureza – além de gastar bem menos. Vinagre, bicarbonato de sódio, limão e água quente fazem milagres pela higienização e desodorização de ambientes, funcionando, inclusive, como poderosos desengordurantes.

  1. Café à moda antiga

Uma pesquisa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) concluiu que o café em cápsula pode ser até 14 vezes mais prejudicial ao meio ambiente que o passado em filtro de papel, porque suas embalagens são de reciclagem muito trabalhosa. Para evitar este amargo impacto, sugerimos a prensa francesa, que, além de charmosa, faz um cafezinho delicioso!

  1. Limpa os ouvidos (e o ambiente), menino!

Pequenos resíduos – mas grandes problemas ambientais –, cotonetes estão entre os lixos mais encontrados nos oceanos, junto com os canudos plásticos, porque acabam passando reto nas estações de tratamento. Felizmente, já existem alternativas em papel nas farmácias, e você ainda pode otimizar a higiene no banho mesmo.

     9. Embrulhado em  <3

Recuse embrulho de presente! A gente tem certeza que ninguém vai se importar de receber uma surpresa sem pacote se a justificativa for clara, e ela ainda pode inspirar atitudes semelhantes em cascata.

  1. Atenção aos Rs

Reduza o consumo e favoreça o reuso, transformando e otimizando itens que poderiam virar lixo. Garrafas podem virar vasos fofos, camisetas velhas funcionam bem como pano e perecíveis podem ser 100% aproveitados. Aliás, que tal relembrar essa receita de casca louca de banana, que foi sucesso gastronômico quando publicamos, em maio?

Além dessas sugestões, temos várias outras no nosso e-book 30 dias sem Lixo, pelo qual você paga o quanto quiser para baixar.

Deixe um comentário

x